Residência

From Rival Regions Wiki
Jump to: navigation, search
This page is a translated version of the page Residency and the translation is 100% complete.

Other languages:
العربية • ‎azərbaycanca • ‎Беларуская • ‎bosanski • ‎Čeština • ‎Deutsch • ‎English • ‎Español • ‎suomi • ‎français • ‎हिन्दी • ‎Հայերեն • ‎Italiano • ‎Ligure • ‎Lietuvių • ‎Polski • ‎Português • ‎Português do Brasil • ‎Română • ‎Русский • ‎slovenčina • ‎slovenščina • ‎Shqip • ‎српски / srpski • ‎svenska • ‎Türkçe • ‎Українська • ‎中文

Cada jogador pode ter somente uma Residência numa Região. Permite que faças parte das Eleições, que Trabalhes (se houver livre arbitrio) e viajes sem taxas, e construas Academia Militar (em que ganhas 20G + 500E = 70G).

O jogador não pode perder a sua residência, a não ser que mude de uma região para outra, por conta própria. Em caso da residência ser passada pelo Líder de Estado (quando tiver a Lei específica), terás de mandar um pedido de residência e esperar que o Líder de Estado ou Ministro dos Negócios Estrangeiros aceite. Caso haja uma lei em que a residência seja livre, qualquer pessoa pode obter sem ter que pedir. Poderás solicitar Residência na página da Região.

Líder de Estado e Ministro dos Negócios Estrangeiros decidem se aceitam ou recusam o teu pedido de residência.

Início

Todos os novos jogadores começam com a residência na região a que estão mais próximos (vida real) ou na região S. Tomé e Príncipe (se o jogo não conseguir detectar a localização real).

Trabalho

Além da residência, poderás pedir uma Permissão de Trabalho. Isto permitirá que trabalhes no estado/região sem ter que mudar a tua residência.